LICITAÇÕES DE MARCAS

O que acontece quando seus competidores usam a palavra-chave da sua marca?

Você é o proprietário da marca. A marca pertence à você. Essa é a forma como as coisas devem permanecer. Mas esta não é a única razão pela qual é extremamente importante impedir os outros - até então chamados de brand-bidders - de usarem a palavra chave da sua marca para seus próprios objetivos de Análise de Mecanismos de Busca.

Existem muitos tipos de competição injusta e de violação de marca no marketing online. Claramente, um deles é o Brand-Bidding. Quando um cliente procura pela sua marca, ele ou ela já escolheram sua empresa entre milhares de outras e é muito provável que comprem algo. Especialmente, marcas com um nome forte convertem acessos e tráfego em vendas facilmente. Competidores, rivais diretos, copiadores e até seus parceiros e afiliados podem explorar essa força e causar danos financeiros significativos para você como proprietário da marca. A má notícia é: Brand-Bidders têm muitas estratégias para esconder suas fraudes. Então a maioria dos casos de Brand-Bidding jamais serão revelados. Todavia, é uma prática comum e quase todo o seu setor de Análise de Mecanismos de Busca será afetado.

Perda de tráfego e vendas

27% do tráfego dos sites é gerado pelos mecanismos de busca e, obviamente, a maior parte disso vem do Google. Caso algum Brand-Bidder use a palavra-chave da sua marca em um anúncio, consumidores em potencial podem acabar na página de um terceiro, mesmo que estejam procurando pela sua. Você perde tráfego e, eventualmente, vendas.

Comissão ilegal

Se o Brand-Bidder é um afiliado, você talvez não perda vendas, mas acabará pagando injustamente a comissão à esse parceiro. Isso por conta de clientes que deveriam ser originalmente seus, já que o terceiro usou métodos próprios para “enganá-los”.

Aumento de CPC

Quanto mais pessoas usam uma palavra-chave, mais caro fica o lance mínimo para ela. Todos neste mercado estão tentando vencer os lances alheios. A taxa de custo por clique (CPC) aumenta - desnecessariamente - porque é sua marca, portanto, sua palavra-chave de marca.

Danos à reputação

Se clientes procuram pela sua palavra-chave de marca no Google ou em outros mecanismos de busca, eles esperam achar um website que represente bem sua marca. Se o Brand-Bidder levar o consumidor em potencial a um site de baixa qualidade, eles podem ficar desapontados e perderão a confiança na sua marca. Eventualmente, eles não comprarão mais da sua marca. Novamente, você perderá vendas futuras.

Como Brand-Bidding funciona?

De acordo com uma decisão judicial de 2010, basicamente todos podem usar a palavra-chave da sua marca em seus anúncios, mesmo que não sejam os donos legítimos dela. Uma certa porcentagem de clientes em potencial que estão procurando pela sua marca são enganados e acabam em um wesbsite de terceiros.

Existem tipos diferentes de Brand-Bidders, com diversos objetivos:


Competição

É comum que competidores desviem seus clientes pouco antes de seu momento de compra e ofereçam produtos deles em vez dos seus.

Arbitragem de pesquisa

Brand Bidders publicam anúncios mais caros com lances maiores para cobrir os seus anúncios originais. O resultado é o aumento da taxa de CPC. Você terá que investir muito mais dinheiro para acompanhar a competição injusta.

Parceria afiliada

Normalmente, parceiros usam brand bidding para ganhar comissões maiores. Eles atingem esse objetivo ao ludibriar consumidores em potencial que estavam diretamente procurando pela sua palavra-chave de marca, aplicando cookies não justificados.

Sequestro de anúncios

Quem aplica Brand Bidding - muito provavelmente seu parceiro afiliado - cria um anúncio exatamente igual ao seu e dá um lance que excede o seu por apenas alguns centavos. Seu anúncio original desaparece. Todos os seus consumidores são canalizados através do anúncio do seu afiliado e você paga uma comissão por clientes que deveriam ser seus desde o início.

Sites de cupons e sites de comparação de preços

Similares aos afiliados, sites de cupons e comparação de preços usam sua palavra-chave de marca para interceptar seus clientes, e guiá-los através de seus canais para plantar um cookie afiliado.

Por que é tão difícil para você, como proprietário de marca ou gestor de marketing online, detectar Brand-Bidding?

Conhecimento técnico

Em um mercado de movimento rápido, como a Análise dos Mecanismos de Busca, é bem difícil acompanhar todos os desenvolvimentos. Quase diariamente, brand bidders descobrem novas falhas e possibilidades para que seus esquemas possam continuar progredindo em segredo. Em adendo à isso, você também precisará de ferramentas automatizadas para controlar as massas de brand bidders através do mundo.

Conhecimento Legal

A legislação de 2010 constata que basicamente qualquer um pode usar Palavras-chave de marca. Isso criou a impressão de que, de um ponto de vista jurídico, não há nada que você possa fazer. Fortuitamente, isso não é verdade. Todavia, para que seja possível fazer algo contra os Brand Bidders, é necessário ter conhecimento especial em direito de propriedade intelectual e direitos de uso.

Brand-Bidders sabem muito bem como permanecer escondidos

Brand bidders têm uma variedade de estratégias para se esconder e se disfarçar. Esta é a razão pela qual a maior parte das violações passam despercebidas.

Segmentação geográfica

Ao colocar anúncios com especificação geográfica que exclui o local de trabalho dos agentes da marca, Brand Bidders conseguem continuar suas práticas sem serem notados.

Restrição temporária

Deliberadamente, Brand Bidders colocam seus anúncios em horários alternativos aos anúncios originais, ou à noite e em fins de semana, quando os donos da marca e os agentes não estão ativos.

Erros de grafia

Digitações diretas do seu endereço digital são uma forma de tráfego muito valiosa. Neste caso, o usuário já conhece sua marca e é muito mais provável que ele já esteja interessado em comprar algo. Ainda assim, este tipo de tráfego está sujeito a erros de grafia, dos quais os Brand Bidders se apropriam para abusar da sua palavra-chave de marca escrita de forma incorreta, usando-a para criar anúncios.

Mecanismos de busca menores

Ainda que o Google seja o mecanismo de busca mais significativo, ainda existem outros mecanismos menores e estrangeiros. Eles são importantíssimos para Brand Bidders pois os donos de marca e agências geralmente os negligenciam. Neste caso, o campo está aberto para as fraudes. Ask, Yahoo, AOL, Bing, as well as Yandex (Russia), Baidu (China) and Naver (South Korea) são exemplos.

Disfarces e redirecionamento dinâmico

Outra forma efetiva com a qual Brand Bidders escondem suas identidades, é usando domínios disfarçados e redirecionamentos dinâmicos. Com isso, fica muito difícil identificá-los porque nem o site, nem o código fonte podem oferecer informações sobre a origem da fraude.

A boa notícia? Você pode fazer algo sobre isso!

Mesmo que seja quase impossível para você, como dono de uma marca ou agência de marketing digital, detectar a maioria dos incidentes de Brand Bidding, existem ações a serem tomadas. Você pode chamar ajuda especializada.

Na AdPolice, nós lidamos com Brand Bidding desde 2008. Temos a expertise, o conhecimento técnico e as ferramentas para revelar as ações fraudulentas. Além disso, nós trabalhamos com escritórios de advocacia especializados em propriedade intelectual e patentes. Desta forma, nós podemos ajudar você a tomar uma atitude contra os Brand Bidders também em âmbito legal.

ADMINISTRAÇÃO DE BRAND BIDDERS OFERECE MAIOR LUCRATIVIDADE NA ANÁLISE DE MECANISMOS DE BUSCA

A AdPolice oferece uma combinação eficiente entre ferramenta e modelo de ação para atacar Brand Bidders.

PASSO 1: CRIAÇÃO DE TRANSPARÊNCIA TOTAL NA ANÁLISE DE MECANISMOS DE BUSCA

O AdPolice BrandWatch cobre as atividades dos competidores e afiliados fraudulentos, também reconhecendo sequestros de anúncios e geolocalização, documentando cada violação.

  • Revelação em tempo integral (24/7), incluindo períodos noturnos e fins de semana

  • Infraestrutura completa para detectar campanhas restritas por área através de todo o país
  • Consultas minuto-a-minuto
  • Registro e histórico internacional de fraude interna de afiliados
  • Detecção em buscadores menores (Yahoo, Ask, etc) e em mecanismos estrangeiros relevantes (Yandex – Russia , Baidu - China, Naver - South Korea, etc.)
  • Monitoramento de erros de grafia

PASSO 2: ADMINISTRAÇÃO SISTEMÁTICA DE BRAND BIDDERS

A Administração de Brand Bidders da AdPolice é integrada diretamente ao BrandWatch e forma o processo todo, desde a avaliação da violação até a comunicação e ferramentas de automação de comunicação em um ambiente Web claro e inteligível.

  • Identificação completa da cadeia de transferência, incluindo a ID afiliada
  • Identificação do brand bidder mesmo apesar de disfarces e liquidação de domínios
  • Relatório de rede afiliada
  • Monitoramento de repetição de fraudes
  • Relatório de sucesso

AGORA DÊ O PRIMEIRO PASSO E RECUPERE SUA MARCA

Nós ajudamos você a proteger sua marca de aproveitadores, melhorando sua lucratividade no ambiente dos mecanismos de busca significativamente. Nós ficaremos lisonjeados em realizar uma oferta individual para que você possa aprender sobre casos selecionados ou para que você complete a edição do BrandBender.







ESTES CLIENTES CONFIAM NOS PRODUTOS DA ADPOLICE:

Sixt InternationalZalando Europe1und1 WorldwideTUI Deutschland GmbHTrivagoC&AParship EuropeMyToys Group

SAIBA MAIS